Os benefícios da licença-paternidade

Os benefícios da licença-paternidade

Mesmo em locais em que a licença-paternidade remunerada está disponível, ela ainda parece ser uma ideia relativamente nova. Mas há incontáveis benefícios para a família toda com a licença-paternidade – do apoio ao desenvolvimento da criança até a consolidação de sua confiança como pai. Vimos as pesquisas e falamos com pais sobre suas experiências para estabelecer alguns dos benefícios da licença-paternidade paga. 

  • 1

    Aumento da confiança como cuidador

    Um relatório chamado "O Novo Pai: Peça Licença", descobriu que os laços formados entre a licença-paternidade melhora a habilidade do pai de cuidar de seus filhos em longo prazo, o que significa um pai mais engajado e envolvido. Como o relatório informa, ser um pai presente nessas primeiras semanas dá uma sensação de confiança duradoura como provedor de cuidados – e o posiciona como um parceiro em igualdade de condições como pai da criança. As evidências também sugerem que este tempo adicional com o filho pode levar a laços mais fortes entre pai e filho no futuro.

  • 2

    Os benefícios da licença-paternidade são duradouros

    Não se trata apenas de dar a você a oportunidade de criar laços com seu bebê – vários estudos mostram que a licença-paternidade tem um efeito positivo na criança em longo prazo também. A Universidade de Oslo descobriu que crianças cujos pais saíram de licença demonstraram um desempenho melhor na escola, e um relatório da OECD mostrou que crianças têm melhores notas cognitivas e um desenvolvimento de saúde mental melhores à medida em que crescem.

  • 3

    A licença-paternidade beneficia o relacionamento dos pais

    Um bebê recém-nascido é um desafio – mas, quando os dois pais compartilham a responsabilidade, sua parceria se torna ainda mais forte. Paul dá um ótimo conselho aos pais: “Agora eu aprecio o que significa ser um pai”, ele diz. “Se resume a ajudar e apoiar um ao outro.”

  • 4

    A licença-paternidade beneficia a nova mãe

    Pesquisas mostram que, ao cuidar do bebê, um apoio maior do pai pode melhorar o bem-estar da mãe – e elas estão menos suscetíveis a desenvolver a depressão pós-parto. “A coisa mais importante que aprendi durante a licença-paternidade é dar à mãe tempo de descansar, dormir e ser si mesma durante períodos de tempo”, relata o professor Carnell. Muitos dos pais no relatório “O Novo Pai: Peça Licença” concordam que tirar a licença-paternidade é a melhor maneira de dar apoio à parceira durante sua recuperação emocional e física.

  • 5

    Os laços paternos deixam você mais feliz

    O relatório “O Estado dos Pais do Mundo” da MenCare mostra que os homens são geralmente mais felizes e desenvolvem menos problemas de saúde (tanto mental quanto fisicamente) ao cuidar de crianças pequenas. Gareth nos conta sobre o impacto de ser pai no seu bem-estar: “Desde o nascimento do meu filho, minha saúde mental melhorou”, ele diz. “Ele mudou completamente minha perspectiva sobre a vida.”

  • 6

    Uma experiência de vida incrível

    Ser um pai é uma mudança de vida como nenhuma outra. Desde os desafios até os momentos mais especiais – como ver aquele primeiro sorriso no rosto do seu filho – não há nada como ser um pai. Como afirma Johnny, jornalista e pai de dois, “É a experiência mais enlouquecedora, mas recompensadora, que você irá ter.”