Palavras de incentivo: Como você pode dar apoio à sua filha

Palavras de incentivo: Como você pode dar apoio à sua filha

Adolescentes podem se sentir muito sozinhos durante essa fase da vida. Você já pensou em escrever uma carta para demonstrar seu apoio ao seu filho ou filha, falando sobre o que é ser um adolescente? Compartilhar suas próprias experiências e sabedoria e incentivar seus filhos pode ajudar você a sentir mais empatia  e melhorar a comunicação entre vocês. 

Uma mensagem de apoio para minha filha

Parece que faz muito tempo que eu fui adolescente. Porém, recentemente, quando eu estava vendo algumas fotos antigas na casa da sua avó, me senti como se estivesse lá novamente. Eu vi uma foto minha com a mesma idade que você tem agora e eu senti muita compaixão por você. Eu olhei a menina que eu era nos olhos e tudo que vi foi dúvida, incerteza e todas as coisas coisas com as quais não me sentia segura, além de outras tantas das quais eu tinha vergonha. É por isso que estou escrevendo esta mensagem de apoio para você. Você está passando por uma fase de muitas mudanças e quero contar para você como eu superei essa fase, porque eu acho que ler sobre algumas das minhas experiências pode ajudar você a encontrar seu próprio caminho.

Por um tempo, parecia que a minha aparência era a única coisa que importava e eu nunca me sentia tão bonita quanto achava que as outras garotas eram. Porém, com o tempo, eu passei a confiar nos meus instintos sobre quem eu realmente era (e ainda sou). Aprendi a focar na área acadêmica, que era onde eu me dava melhor, e foi quando eu percebi que, apesar de que eu nunca faria parte do time de netball, eu poderia continuar a aproveitar outras atividades como andar de bicicleta e me orgulhar de estar em forma. Descobri que o que realmente importa é aprender a confiar naquela voz interna que é autêntica e só sua; aquela que faz você ser quem você é. Percebi que eu podia confiar nessa voz e que dar ouvidos a ela me ajudaria a definir como ser a melhor versão de mim mesma possível. Eu não precisava ser a melhor no que quer que seja que eu estivesse fazendo, mas era importante que eu desse o meu melhor. Perceber a diferença entre essas duas coisas realmente ajudou a aumentar minha confiança.

Demorou muito tempo para eu perceber a importância que a amizade com outra meninas teria em minha vida e eu acho que você está percebendo isso antes do que eu. Você não precisa ter um monte de amigas; o que é importante é ter pelo menos algumas amigas bem próximas nas quais você pode confiar. Você também precisa aprender a aceitá-las como elas são, com todos os seus defeitos, e batalhar para manter a amizade entre vocês. Ninguém é um amigo perfeito, mas o papel de uma amiga é se preocupar com você, da mesma maneira que o seu papel é se preocupar com ela.

Voce vai entrar em uma nova fase quando começar a namorar. Eu me lembro de como esse novo tipo de intimidade me parecia estranho. Eu passava horas no meu quarto pensando nos meus paqueras e você provavelmente vai querer fazer a mesma coisa. Eu não gostava de contar essas coisas para a minha mãe e eu imagino que com você será do mesmo jeito. Pensar bastante sobre estes novos acontecimentos é muito importante, porque realmente é muita coisa nova ao mesmo tempo. E não são só coisas relacionadas a namorados ou namoradas. Têm muitas outras coisas que de repente passam a ser muito relevantes para você como seu corpo, quanto você está comendo, a quantidade de exercícios físicos que você faz, se aquele vestido fica bom em você, resultados das provas, o que você quer fazer quando crescer.

Eu cometi muitos erros quando era jovem e tenho certeza que o mesmo acontecerá com você. É a única coisa da qual eu tenho certeza. Porém, tem uma coisa muito importante que eu aprendi quando já era mais velha que eu gostaria de falar para você agora. Todo mundo comete erros, mas o importante é como você age quando percebe que isso aconteceu e como você lida com essa situação. É preciso muita coragem para encarar seus erros e seguir em frente, mas ser capaz de fazer isso pode ser muito empoderador. Isso pode aumentar muito sua autoestima, porque ajuda você a perceber que, não importa o que acontecer, você está no controle da sua vida e pode sempre dar a volta por cima.

Saiba que vou te amar para sempre,

Mamãe

Próximos passos

  • Deixe que seu filho ou filha compartilhe com você sua visão sobre o que está acontecendo com ele/ela. ESCUTE ATENTAMENTE. Não o/a interrompa para contar sobre suas próprias histórias ou dar conselhos.
  • Não os julge. Você aumentará a autoestima do seu adolescente quando mostrar que confia nele e respeita suas opiniões. Às vezes é melhor não dizer muita coisa e simplesmente responder: "É, eu sei como você se sente"
  • Conversem sobre qualquer história envolvendo jovens que tenha estado na imprensa nos últimos dias e pergunte: "O que você faria nesta situação?". Isso pode ajudar seu adolescente a desenvolver a habilidade de tomar decisões de maneira construtiva no que diz respeito a assuntos complicados, como bullying, bebidas alcoólicas ou relacionamentos.
  • Procure fotos ou objetos da sua própria adolescência e pense em uma situação na qual você lidou com um desafio ou se sentiu ansiosa ou incerta. Sentimentos, desejos e medos são universais e não têm limite generacional. Assim sendo, lembrar de como você se sentiu em um dado momento te dará uma noção sobre as preocupações que podem estar ocupando a cabeça do seu adolescente.
  • Tente escrever sua própria carta de apoio para o seu filho ou filha, contando sobre as experiências que teve durante a adolescência. Você não precisa entregar essa carta para ele/ela. O ato de pensar sobre essa época é suficiente para ajudar você a se conectar com o seu / a sua adolescente e o que está acontecendo com ele/ela.