Skip to content

A Carta Desafio: lidando com agressores

 

A Carta Desafio: lidando com agressores

Se os seus filhos já sofreram bullying, esperamos que estas atividades anti-bullying os ajudem. Utilize a nossa lista de ações, atividade e vídeo Carta Desafio, para dar aos seus filhos a confiança de que precisam para combater o bullying.

Formas de lidar com o bullying

Espalhar boatos, fazer fofocas, excluir pessoas, gozar com a aparência ou o peso - às vezes, os jovens sentem-se pressionados para ignorar este tipo de comportamento e vê-lo apenas como uma piada. Mas as palavras podem magoar e, às vezes, é importante falar sobre isso. Com a Carta Desafio, o nosso objetivo é dar poder aos seus filhos para serem fortes e fazerem frente aos agressores.

Ao utilizar inícios de frases, a atividade encoraja os jovens a ver o que está para além do bullying. Os seus filhos podem não se aperceber, mas muitas vezes um agressor pode ser muito inseguro. Pode ser por não conseguirem controlar as coisas na própria vida, que sentem necessidade de implicar com os outros. Mas, claro, isso não é desculpa.

A Carta Desafio: escreva uma carta sobre sofrer bullying

Às vezes, é difícil fazer frente aos agressores. Veja o vídeo A Carta Desafio com os seus filhos, sobre a Chloe, e pense em como lidaria com esta situação, escrevendo uma carta para si próprio. Pode fazer a atividade em conjunto com os seus filhos ou encorajá-los a fazê-lo sozinhos e a partilhar consigo depoisHow to take The Letter Challenge

Como fazer a Carta Desafio

1. Pense em como se sentiria se estivesse a sofrer bullying e como gostaria de responder a um agressor.

2. Pegue num pedaço de papel e escreva uma carta a si próprio, ou faça download do PDF Carta Desafio aqui <hyperlink>. Use o formato que preparámos e preencha os espaços vazios no final de cada frase. Se tiver dificuldade em encontrar as palavras, pode desenhar como se sente e o que planeia fazer, como uma banda desenhada.

Querido Eu,

Houve momentos em que alguém fez comentários maldosos sobre a minha aparência. Não gosto quando isto acontece porque... (escreva os seus pensamentos aqui)

Fazer bullying a alguém por causa da sua aparência magoa e não ajuda porque... (escreva os seus pensamentos aqui)

No futuro, planeio fazer frente ao bullying sobre a aparência através de... (escreva as estratégias que planeia usar)

Assine aqui: ...(escreva o seu nome)

3. Partilhem as cartas uns com os outros e conversem sobre como os seus filhos se podem defender se estiverem a sofrer bullying.

4. Ajude-os a praticar o que diriam a um agressor numa voz confiante e firme, e falem sobre o que podem fazer se virem alguém a sofrer bullying. Pensem na melhor maneira de fazer frente a esse comportamento.

  • 1

    Aproveite a oportunidade para conversar

    Quando experimentar a Carta Desafio, fale sobre o que os seus filhos podem dizer aos agressores. Esperamos que eles nunca passem por isso, mas, se passarem, é melhor estarem preparados.

  • 2

    Converse sobre a razão para as pessoas fazerem bullying

    Considere fatores como o agressor ser inseguro ou ter problemas em casa.

  • 3

    Use um exemplo da televisão

    Se vir um incidente de bullying na televisão (ou num filme ou livro), use-o para começar a conversa. Fale com os seus filhos sobre como podem defender-se de agressores se se virem nessa situação.

  • 4

    Não deixe que o bullying seja um tema tabu

    Encoraje os seus filhos a falar sobre qualquer incidente que os possa preocupar, e converse sobre as experiências que você ou outro membro da família tiveram nessa idade.

  • 5

    Ajude os seus filhos a lidar com agressores online também

    Mantenha-se atento quanto à atividade dos seus filhos online, especialmente nas redes sociais.

Próximos passos

  • Partilhe esta página com os seus filhos - incentive-os a ver o vídeo e a fazer a Carta Desafio depois. Vai ajudá-los a sentirem-se mais confiantes para responder a agressores e a saber o que fazer quando acontecer outra vez.
  • Fale com os seus filhos sobre a atividade. Como se sentiram no início? Foi perturbador pensar nas respostas? Como se sentem agora que o fizeram?
  • Incentive os seus filhos a partilhar a atividade com os amigos