História da Kayleigh

A beleza real é profunda. Foi por essa razão que selecionámos as mulheres para a nossa nova campanha da loção de corpo apenas com base nas suas histórias incríveis. Sem fotografias, nem entrevistas em vídeo – apenas mulheres inspiradoras, com percursos inspiradores. Porque a beleza não se limita à superfície.    

Alguma vez escalou uma montanha traiçoeira, no meio de neve gélida – a usar batom rosa? A Kayleigh já. Enquanto Socorrista em Montanha voluntária, enfrentar condições meteorológicas extremas para encontrar pessoas perdidas não a desvia da sua missão – e ela orgulha-se de ser muito mais do que aquilo que as pessoas esperam.

“Sinto que o Socorrismo em Montanha é algo feito de propósito para mim. Adoro estar nas montanhas em condições meteorológicas extremas, e queria dar algo de volta à comunidade. Mas não podes fazê-lo sozinha. Assim que tens a tua equipa à tua volta e colocas o casaco vermelho, tornas-te parte de algo muito especial. Penso que as pessoas não têm noção que o socorrismo em montanha é totalmente voluntário. À exceção da pessoa responsável pela recolha de fundos, absolutamente mais ninguém em toda a organização recebe uma compensação monetária, mas é a minha maior conquista pessoal.

As pessoas ficam verdadeiramente muito surpreendidas com aquilo que faço: normalmente não se compreende o que uma rapariga de saltos altos e batom rosa vai fazer à charneca. Mas porque não ser glamorosa? Quem preferiria que o salvasse: alguém com batom rosa e um belo sorriso, ou alguém sem eles?

Passar um dia inteiro nestas condições não é divertido – tivemos recentemente um exercício que durou todo o dia na neve; a água gelada passou através de dois casacos. Tive de ir depressa para casa e tomar um banho durante meia hora – os banhos são uma parte importante da minha rotina de cuidados pessoais. Por vezes tomo cerca de três banhos por dia, após os quais reparo sempre a minha pele através de hidratação. Muitas das chamadas e exercícios que fazemos são em condições meteorológicas difíceis, por isso exercer Socorrismo em Montanha afeta mesmo a pele – faz com que esta seque rapidamente. Mas para mim o principal é o meu batom: desde que o tenha colocado, não quero saber da minha restante aparência.

 Sempre me senti empoderada pelo uso de mulheres reais pela Dove, por isso é realmente um enorme privilégio, não apenas representar 18 por entre não sei quantos milhares de pessoas que desejavam participar nesta campanha, mas também representar as raparigas do Socorrismo em Montanha. E ao que parece o nosso casaco de socorrista não é apenas útil nas charnecas… serviu até mesmo para me esconder enquanto vinha para o estúdio! Foi bom perceber todo o trabalho que a Dove teve para não nos ver, nem julgar com base em quaisquer ideias preconcebidas sobre a aparência dos nossos corpos. Somos apenas raparigas reais, e isso é tão revigorante.”

Vá além da superfície da pele. Descubra aqui as histórias incríveis por trás da nossa nova campanha da loção de corpo.