Sarah Moore, 24

Eu sofri bullying por muito tempo - ao longo de toda minha adolescência - porque eu tinha acne. Eu costumava torcer e rezar para que eu acordasse e tivesse me tornado uma pessoa bonita e levei muito tempo para sair dessa mentalidade e começar a me aceitar. Se eu pudesse dizer algo para meu eu jovem seria: pare de analisar obsessivamente seu rosto e contar suas falhas.

"Quanto mais eu aprendia sobre o feminismo, mais me reconhecia. O feminismo me deu muita confian�a para ser eu mesma e me fez parar de me preocupar com a no��o de que eu posso n�o ser bonita "o suficiente". Eu me visto da maneira que quero como uma mini-forma de ativistmo; � minha contribui��o para o espectro do que significa ser uma mulher bonita. Ent�o sim, eu agora me amo e por que n�o deveria? - Sarah, 24 anos
@Dove

Aprender sobre o feminismo me deu muita confiança para aprender quem eu sou e o que eu gosto. Eu comecei a assistir ao reality show RuPaul's Drag Race quando tinha 19 anos e fiquei obcecada por maquiagem e o conceito de gênero. Me fez questionar o que era bonito. Ru disse: "Se você não consegue se amar, como vai amar outra pessoa?" e eu percebi que precisava sair daquele espiral em que eu vivia - era hora de praticar o amor próprio!