Como construir um ótimo relacionamento entre pai e filha

Como construir um ótimo relacionamento entre pai e filha

Você pode nunca ter sido uma garota, mas isso não precisa ser uma barreira para construir um bom relacionamento com sua filha. Você quer que ela cresça e se torne uma mulher auto-confiante. Para isso, ela vai precisar da ajuda do seu pai.  

Muitos homens se sentem meio inseguros, e até com um pouco de medo, quando tentam conversar com suas filhas sobre como ser positivo com relação a imagem corporal e aparência. Talvez eles estejam pensando: "Como eu posso ajudar? Eu não entendo nada disso."

Não se preocupe por não ter todas as respostas. Ao invés disso, aprimore sua capacidade de escutar e trabalhe com sua filha no processo de resolução do problema, incentivando-a a expressar o que está pensando e desenvolver possíveis soluções. Ao guiar sua confiança em suas próprias habilidades, você estará ajudando-a a enfrentar muitos outros desafios ao longo de sua vida, além de desenvolver sua autoestima.

Ajude a aumentar a confiança corporal positiva da sua filha

Comentários feitos para garotas geralmente giram em torno de sua aparência, como "Você está linda" ou "seu cabelo é tão bonito". Como pai, você sabe que sua filha é muito mais do que só um rostinho bonito. Você enxerga sua personalidade, seus talentos e sua inteligência. Por isso, faça questão de falar isso para ela. É melhor que você seja específico, indo desde "você foi tão gentil ao dividir com a sua irmã agora há pouco" a "o modo como você lidou com aquela lição de casa foi muito sábio".

Tirar o foco de sua aparência vai ajudar sua filha a se concentrar em todas as suas qualidades e se sentir mais segura de si mesma. Ironicamente, NÃO falar do seu corpo pode ajudar a aumentar sua confiança corporal positiva.

Mostre seu lado sensível

Em muitas culturas, homens não são incentivados a expressar seus sentimentos, principamente quando se trata de fraqueza e vulnerabilidade. Você quer ser forte para a sua família, mas isso o faz se sentir desconfortável quando sua filha está lidando com um assunto delicado.

Homens não devem ter vergonha de mostrar quem realmente são para seus filhos. Na verdade, fazer isso ajuda a construir um melhor relacionamento entre você e eles e pode aprimorar a comunicação entre vocês.

"Quando você, como pai, demonstra suas próprias fraquezas, isso dá permissão para sua filha aceitar as fraquezas dela, " diz Santiado Trabolsi, psicólogo, life coach e pai. "Essa conexão emocional gera ternura, empatia e uma comunicação honesta entre vocês dois."

Pense sobre como você trata mulheres

Tente perguntar à sua filha o que ela acha que você pensa dela. Pode ser que não seja o que você está esperando ou o que você estava tentando demonstrar.

Lembre-se de que meninas criam a percepção que têm de si mesmas com base nos comentários e atitudes que vivenciam em todos os seus relacionamentos, principalmente em casa. A maneira como você trata sua filha, bem como a maneira como você trata a mãe dela e outras mulheres, vai moldar a maneira como ela se vê e quão confiante ela se sente.

À medida que for crescendo, sua filha vai formando gradualmente uma opinião de si mesma e isso se baseia largamente no que ela acredita que seus pais acham dela. Sua autoestima dependerá do quanto ela se sente valorizada, respeitada e aceita.

Acabe com as barreira à comunicação

Sua filha reclama que "Meu pai nunca me escuta! Ela só fica me dizendo o que fazer"? Quando ela desabafar, evite interrompê-la para dar sua opinião. Isso pode mantê-la mais distante ainda se ela não compreender imediatamente o que você está tentando dizer a ela.

Ao invés disso, mostre que você está ouvindo o que ela está dizendo e demonstre empatia ao dizer algo como: "Eu sei que você se sente magoada e brava."

Isso deixa claro que ela está sendo levada a sério e a ajuda a confiar no que está sentindo, o que, por fim, constrói auto-conhecimento e confiança.

O relacionamento dela com você vai influenciar todos os outros relacionamentos que ela tiver com homens ao longo de sua vida: colegas, amigos, parceiros. Pense que, um dia, ela poderá se apaixonar e reconhecer a mesma empatia, respeito e compreensão demonstrados por seu pai em seu parceiro. Como seu pai, você é um importante exemplo para ela.

Autora: Christina Berton, especialista em autoestima e fundadora da Fundação Amara Pro Autoestima no México

  • 1

    Escute o que ela tem para dizer sem julgá-la

    Quando ela estiver preocupada, incentive-a a processar seus pensamentos e desenvolver possíveis soluções.

  • 2

    Não chame atenção para sua aparência nem faça piadas sobre o assunto

    Pode parecer uma brincadeira  inofensiva, mas tal atitude pode ter um efeito profundo sobre ela.

  • 3

    Passem bons momentos juntos fazendo atividades de pai e filha

    Crie momentos especiais com a sua filha fazendo algo que vocês dois gostam, como praticar esportes, cozinhar ou ouvir música.

  • 4

    Escreva uma carta para sua filha

    Escreva uma carta expressando como você se sente e dizendo que você tem muito orgulho dela

  • 5

    Deixe que ela veja seu eu verdadeiro, para que possa conhecê-lo melhor

    Admita que você ainda está trabalhando na sua própria autoestima e auto-confiança

  • 6

    Aponte coisas que vocês têm em comum

    Não apenas em termos de aparência, mas também de coisas nas quais vocês dois são bons, coisas que vocês dois gostam ou que acham engraçadas

  • 7

    Seja presente e claro com sua parceira ou esposa

    Fale com sua parceira, com a comunidade do Projeto Dove pela Autoestima e com outros pais. Compartilhe com eles suas ansiedades e peça pelo seu apoio

Mães podem ajudar na consolidação do laço entre pai e filha ao:

  • Reconhecerem o impacto que pais têm sobre suas filhas e valorizar a perspectiva do seu marido ou parceiro
  • Incentivá-lo a ser mais próximo de sua filha