Baby Dove Seja pai do seu jeito
Baby Dove Seja pai do seu jeito


Não existe jeito certo ou errado de ser pai – só o seu jeito

Só quando você vira pai é que percebe como um bebê pequenininho pode virar seu mundo do avesso. Seu recém-nascido pode ser adorável, mas se acostumar com dar de mamar, trocar fraldas, dar banhos e a hora do sono (ou horas sem sono!) requer paciência – e muitas tentativas malsucedidas. 

Falamos com mães de primeira viagem e uma porcentagem esmagadora – 72% – nos disseram que se preocupavam em não ser boas o bastante. Nós queremos mudar isso. Acreditamos que a única maneira de ser uma mãe ou pai para seu filho é a sua maneira. Confie nos seus instintos, celebre seu sucesso, e deixe que Baby Dove ajude ao longo do caminho.

Não é fácil ser um pai nos dias de hoje. Somos bombardeados com conselhos conflitantes vindos da família, amigos, livros sobre bebês e sites. E a quantidade inesgotável de pais aparentemente perfeitos que aparecem em revistas e nas mídias sociais pode minar a confiança até mesmo da mãe mais segura de si.

Na nossa pesquisa, quase 50% das mães admitiu se sentir inadequada, e 9 em cada 10 se sentiram pressionadas em ser uma mãe perfeita – e sabemos que os pais passam por essa mesma pressão também. Queremos mudar essas estatísticas e celebrar a ideia de fazer as coisas do seu próprio jeito. 

A professora infantil e mãe de dois, Tracey, nos lembra que "ninguém conhece um bebê melhor do que sua mãe ou pai. Seu bebê, suas escolhas."

Perguntamos a outros pais sobre como eles lidavam com o estresse de ser pai e como desenvolviam a confiança para fazer as coisas da sua maneira. 

  • 1

    Evan, pai e cientista Baby Dove.

    "Todo mundo é diferente, então faça as coisas do seu jeito, confiando no seu instinto... quando começamos a fazer as coisas do nosso jeito, ser pai ficou muito menos estressante”

  • 2

    Andy, pai de um.

    "É natural sentirmos que estamos sozinhos como pais, então tentem apoiar uns aos outros. Cada noite, compartilhamos os momentos do dia, aprendendo com eles para melhorar da próxima vez"

  • 3

    Carla, mãe e cientista Baby Dove.

    "Tento não me sentir pressionada pelas coisas que leio ou pelo que as outras mães estão falando ou fazendo... eu apenas foco no que preciso fazer para meus filhos e confio na minha intuição”  

  • 4

    Dra. Dina M. Kulik, mãe de quatro.

    “É claro que ouvir o que os outros têm a dizer, suas experiências e conselhos, pode ser útil, mas no fundo tudo se resume ao seu próprio feeling e intuição, e é isso que norteia a experiência de ser pai"

  • 5

    Charlie, pai de dois.

    “Ser pai é exaustivo, seja para a mãe ou para o pai, mas lembrar de reservar um tempo para que você se mantenha em forma e saudável irá ajudá-lo a manter a energia, além de um pouco de perspectiva. O que importa no final é o que funciona para você e seus filhos – se eles estão seguros e saudáveis, então é o jeito certo para você, e não importa o que os outros pensem"

  • 6

    Camila, mãe recente e promotora Dove.

    “Antes de me tornar mãe, eu tinha uma ideia do tipo de mãe que eu queria ser, com regras e comportamentos. Mas quando aconteceu de verdade, eu descobri uma nova pessoa dentro de mim. Eu estava fazendo as coisas de forma completamente diferente do que eu tinha esperado – a experiência é tão diferente da expectativa"

Em que áreas você se sente mais pressionado?

Obrigado por compartilhar suas pressões conosco.

Veja o que outras pessoas responderam